fbpx
Continua após a publicidade
Continua após a publicidade

Concomitante aos problemas acarretados da pandemia, muitos brasileiros hoje se encontram em situação de fragilidade, então o governo tem se mobilizado para elaborar e executar programas de redistribuição de renda. Portanto, pessoas que já haviam cadastro em outros projetos agora terão como substituto o auxílio Brasil. Porém, para receber o auxílio será necessário ter um cartão, e este irá contar com chip e função debito.

Segundo o Folha de São Paulo, o governo federal deve iniciar na primeira semana de julho a entrega dos novos cartões do Auxílio Brasil, e o Ministério da Cidadania busca modernizar a forma das famílias utilizarem os valores recebidos em conta poupança digital. Os novos cartões do Auxílio Brasil serão confeccionados com chip e habilitados para uso em compras na função débito, além de que a substituição dos cartões por modelos mais modernos já tem sido divulgada pela equipe técnica do Ministério da Cidadania durante a Jornada Auxílio Brasil, evento que destacou as ações de assistência social do governo em diversas cidades do país.

A atualização dos cartões servirá para, além de estimular os beneficiários ao uso bancário, irá reforçar o Auxílio Brasil como carro chefe da campanha à reeleição de Bolsonaro. Para Flávio Bolsonaro (PL-RJ), a substituição do cartão ja utilizado pelas famílias para receber o benefício de R$ 400 funciona como estratégia para impulsionar a popularidade do presidente.

Continua após a publicidade

já passados oito meses desde o início dos pagamentos do Auxílio Brasil, a maior parte das famílias cadastradas no programa segue recebendo o benefício com o antigo cartão do Bolsa Família, programa extinto pelo governo do atual presidente, porém, o grupo de novos beneficiários, que foram aprovados a partir deste ano, algumas famílias receberam em casa o cartão do novo programa e outros seguiram movimentando o dinheiro pelo app Caixa Tem, que também oferece a opção de Saque sem cartão em lotéricas, agências e correspondentes da Caixa.

O secretário executivo Luiz Glavao disse também que “A partir de agora, quem recebe um cartão do Auxílio Brasil não precisa mais se deslocar às agências bancárias ou lotéricas para fazer uso do benefício. Ele pode ser usado diretamente na padaria, no mercadinho e no comércio local”

Hoje o Auxílio é o maior programa de transferência de renda do país, voltado para pessoas em situação de vulnerabilidade econômica e social, basta que a família atenda a critérios de elegibilidade, tenha os dados atualizados no CadÚnico (Cadastro Único) nos últimos 24 meses e não deixe informações divergentes entre as declaradas no cadastro e outros bancos de dados.

Continua após a publicidade

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *